Declaração sobre a WFIS 2018

By on 20 de março de 2018

Declaração

Senhores membros dos Scouts Brasil (AEBP Brasil)

A Assembleia Geral Ordinária deste ano, realizada em 9 de março de 2018 na cidade de Sta. Tereza, PR, discutiu, deliberou e determinou o rompimento de nossa filiação junto a WFIS (World Federation of Independent Scouts).

Esta declaração é necessária para documentar fatos ocorridos e também para calar membros da WFIS (principalmente ex-membros dos Scouts Brasil) e cessar os ataques morais contra nós.

Assim demonstramos aos nossos associados:

  1. Mediante acontecimentos ocorridos a WFIS deixou de ser um fórum de debates escoteiros para tornar-se um órgão regulador do escotismo praticado pelos seus membros. Ora. Isso é inadmissível pois atinge diretamente nossa independência;
  2. Passou a WFIS a interferir nas associações vetando a nomeação de membros para Escoteiro Chefe, Diretores de Curso etc;
  3. Tentou a WFIS Américas instalar um Tribunal Escoteiro Internacional para “julgar” seus membros;
  4. WFIS não mais revalidou os diplomas recebidos pela WOSM encaminhados por nós.
  5. WFIS passou a divulgar a terceiros questões internas sobre o relacionamento institucional com os Scouts Brasil.
  6. WFIS não se pronuncia sobre o reconhecimento dos cursos feitos por nossos membros na ANBSCH.
  7. Prejuízos financeiros vultuosos causados a nós.
  8. Quebra de termos.

Quando nos tornamos membros a WFIS reconhecia e registrava todos os certificados emitidos por nós. Era bastante simples: Uma correspondência oficial e em seguida eram emitidos os certificados WFIS com número de registro. A partir de 2011 a WFIS não respondeu mais a nossas solicitações.

  1. WFIS foi notificada em 07 de outubro de 2017 sobre essas e outras questões. Não houve nenhuma resposta.
  2. Declaração da WFIS de 07 fev 2018 é confusa e inconclusiva, uma vez que reafirma que apenas a equipe de treinamento da WFIS será reconhecida pela WFIS.

Assim, caros amigos, entendeu a Assembleia Geral Ordinária que houve um rompimento unilateral no modus operandi por parte da WFIS. Isso causou quebra de confiança.

Os Scouts Brasil continuarão a praticar o escotismo tradicional juntamente com todos aqueles que assim o desejarem. Todos os de boa-vontade serão sempre benvindos.

Recebam nosso fraternal canhotaço

São Paulo, 20 de março de 2018

Mario Greggio

Presidente

Declaração sobre a WFIS 2018